Vacina Meningo B

R$520,00

em até 10 vezes

Indicada para indivíduos a partir de 2 meses a 50 anos de idade contra a doença meningocócica invasiva causada pela Neisseria meningitidis do grupo B.
Para viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.
Crianças de 2 meses: Três doses com intervalo mínimo de um mês entre cada dose e um reforço entre os 12 a 15 meses de idade.

Crianças de 3 a 5 meses: Duas doses, com intervalo mínimo de dois meses entre cada dose, e um reforço entre os 12 a 15 meses de idade,com intervalo mínimo de 6 meses da última dose.

Crianças de 6 a 11 meses: Duas doses, com intervalo mínimo de 2 meses entre as doses, e um reforço no segundo ano de vida, com intervalo de pelo menos de 2 meses da última dose.

Crianças entre 12 a 23 meses: Duas doses, com intervalo mínimo de 2 meses entre as doses, e um reforço 1 ano depois da última dose.

A partir de 2 até 50 anos de idade: Duas doses com intervalo mínimo de 1 mês.



Pessoas que tiveram anafilaxia (reações graves) após uso de algum componente da vacina ou após dose anterior.
Reações adversas mais comuns: dor/sensibilidade, vermelhidão, edema e enrijecimento no local da aplicação. Vale lembrar que Vacina é algo seguro e seus eventos adversos dependerão de cada organismo.
Meningites e infecções generalizadas causadas pela bactéria meningococo do tipo b.
Crianças de 2 a 5 meses: Três doses com intervalo mínimo de um mês entre cada dose e um reforço entre os 12 a 15 meses de idade.

Crianças de 3 a 5 meses: Duas doses, com intervalo mínimo de dois meses entre cada dose, e um reforço entre os 12 a 15 meses de idade.

Crianças de 6 a 11 meses: Duas doses, com intervalo mínimo de 2 meses entre as doses, e um reforço no segundo ano de vida, com intervalo de pelo menos de 2 meses da última dose.

Crianças entre 12 a 23 meses: Duas doses, com intervalo mínimo de 2 meses entre as doses, e um reforço 1 ano depois da última dose.

A partir de 2 até 50 anos de idade: Duas doses com intervalo mínimo de 1 mês.
Trata-se de vacina inativada, portanto, não causa a doença.
É composta por quatro componentes, três proteínas subcapsulares e a membrana externa do meningococo B, hidróxido de alumínio, cloreto de sódio, histidina, sacarose e água para injeção. Podem existir traços de canamicina, antibiótico usado no processo de cultivo da bactéria vacinal, para evitar contaminação.
Meningocócica ACWY, Meningocócica C.