Vacina Hepatite B - Pediátrica

R$102,00

em até 2 vezes

A vacina hepatite B infantil é indicada para todas as crianças, a partir do nascimento até 18 anos. A transmissão da doença pode acontecer da mãe para seu bebê durante a gestação e no momento do parto. A vacinação, portanto, é uma importante forma de prevenção dessa doença.
3 doses no seguinte esquema com a vacina isolada:
A primeira dose nas primeiras 12 horas de vida.
Segunda dose 1 mês após a primeira e a terceira dose seis meses depois da primeira. O esquema com a vacina combinada Hexavalente (DTPa-HB-VIP-HIB):
A primeira dose nas primeiras 12 horas de vida com a vacina isolada.
A segunda dose 60 dias após a primeira.
A terceira dose 6 meses após a primeira dose.

Prematuro:
Obrigatoriamente quatro doses (esquema 0 - 2 - 4 - 6 meses ou 0 - 1 - 2 - 6 meses), em RNs nascidos com peso inferior a 2.000 g ou idade gestacional menor que 33 semanas, sendo a primeira dose nas primeiras 12 horas de vida.
Não deve ser aplicada em pessoas que apresentaram reações graves com qualquer componente da vacina ou com dose anterior.
Podem ocorrer dor no local da aplicação, endurecimento, edema, vermelhidão, febre bem tolerada e auto-limitada nas primeiras 24 horas após a aplicação, cansaço, tontura, dor de cabeça, irritabilidade e desconforto gastrintestinal.
Infecção do fígado (hepatite) causada pelo vírus da hepatite B.
3 doses no seguinte esquema com a vacina isolada:
A primeira dose nas primeiras 12 horas de vida.
Segunda dose 1 mês após a primeira e a terceira dose seis meses depois da primeira. O esquema com a vacina combinada Hexavalente (DTPa-HB-VIP-HIB):
A primeira dose nas primeiras 12 horas de vida com a vacina isolada.
A segunda dose 60 dias após a primeira.
A terceira dose 6 meses após a primeira dose.

Prematuro:
Obrigatoriamente quatro doses (esquema 0 - 2 - 4 - 6 meses ou 0 - 1 - 2 - 6 meses), em RNs nascidos com peso inferior a 2.000 g ou idade gestacional menor que 33 semanas, sendo a primeira dose nas primeiras 12 horas de vida.
Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença.
É composta por proteína de superfície do vírus da hepatite B purificado, hidróxido de alumínio, cloreto de sódio e água para injeção. Pode conter fosfato de sódio, fosfato de potássio e borato de sódio.