Vacina Meningo B (Por Dose)

Vacina que previne contra meningites e infecções generalizadas causadas pela bactéria meningococo do tipo b.
A meningite é uma infecção das membranas que recobrem o sistema nervoso central das pessoas. Ela pode ser causada por vários agentes como fungos, vírus e bactérias. A bactéria Neisseria meningitidis, também conhecida como meningococo, é uma das principais causadoras dessa doença. É indicada para imunização ativa de indivíduos a partir de 2 meses a 50 anos de idade contra a doença meningocócica invasiva causada pela Neisseria meningitidis do grupo B Também indicada em casos de surtos, epidemias e para viajantes com destino a regiões onde há risco aumentado da doença.

R$ 580,00

Parcelamento em até 4vezes
sem juros no cartão.

ESCOLHA O ATENDIMENTO

  • Escolha uma de nossas unidades:
    Selecione uma opção para dar continuidade
    -
    +
  • insira seu cep para da continuidade
    -
    +

Saiba Também

Para crianças e adolescentes, conforme recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).
Para adultos com até 50 anos, dependendo de risco epidemiológico.
Para viajantes com destino às regiões onde há risco aumentado da doença.
Recomendada para gestantes em situações especiais.
Pessoas que tiveram anafilaxia (reações graves) após uso de algum componente da vacina ou após dose anterior.


Em crianças menores de 2 anos, febre alta com duração de 24 a 28 horas pode ocorrer em mais de 10% dos vacinados.
Quando a vacina é aplicada junto com a tríplice bacteriana acelular, pneumocócica conjugada,Haemophilus influenzae tipo b, poliomielite e hepatite B, esse percentual aumenta para 69% a 79%. Por isso é preferível não aplicá-las no mesmo dia.

Em crianças até 10 anos, em mais de 10% dos vacinados acontecem: perda de apetite; sonolência; choro persistente; irritabilidade; diarreia; vômitos; erupções na pele; sensibilidade no local da aplicação e ao movimentar o membro onde foi aplicada a vacina; reações locais (dor, calor, vermelhidão, inchaço).

Em mais de 10% dos vacinados com mais de 11 anos ocorre cefaleia; náuseas; dor nos músculos e articulações; mal-estar e reações locais, como inchaço, endurecimento, vermelhidão e dor. A dor pode ser muito intensa, atrapalhando a realização das atividades cotidianas.

Não é conhecido o risco para anafilaxia, e reações alérgicas graves não foram verificadas durante os estudos com a vacina.
Meningites e infecções generalizadas causadas pela bactéria meningococo do tipo b.


A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomendam o uso rotineiro de três doses de vacina meningocócica B aos 3 e 5 meses de vida e entre 12 e 15 meses.

Acima de 2 anos serão 2 doses com intervalo de 1 a 2 meses.

Para crianças mais velhas que não foram vacinadas o esquema de doses varia conforme a faixa etária.

Para adolescentes não vacinados antes, a SBP e a SBIm recomendam duas doses com intervalo de um mês.

Para adultos com até 50 anos, em situações que justifiquem: duas doses com intervalo de um mês.
Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença.
É composta por quatro componentes, três proteínas subcapsulares e a membrana externa do meningococo B, hidróxido de alumínio, cloreto de sódio, histidina, sacarose e água para injeção.
Podem existir traços de canamicina, antibiótico usado no processo de cultivo da bactéria vacinal, para evitar contaminação.
Meningocócica ACWY, Meningocócica C.

Olá! Nosso site utiliza cookies para que possamos otimizar o atendimento que prestamos a você. Ao utilizar nosso site, você concorda com uso deles. Para saber mais, acesse a nossa política de privacidade.